Notícias

"Veja" e "Folha de S.Paulo" destacam importância de "São Paulo nas alturas"

Em reportagem de três páginas com o título "Décadas de ousadia", a Veja (23/8/2017) ressaltou a relevância do livro São Paulo nas alturas, do jornalista Raul Juste Lores, recém-lançado pela Três Estrelas. "O livro, além de render homenagens a dezenas de arquitetos, atesta quanto a cidade é uma criação coletiva", escreve a repórter Mariana Barros na revista. Para ela, um dos principais méritos do livro é "relembrar que a boa arquitetura não existe sem um mercado imobiliário vigoroso".

Reportagem na Folha de S.Paulo (16/8/2017) também chamou a atenção para o fato de o livro "devolver visibilidade a arquitetos criativos dos anos 1950 que foram deixados de lado até pela academia".

São Paulo nas alturas reconstitui um dos principais períodos da arquitetura e do urbanismo paulista, os anos 1950 e 1960, quando foram erguidos prédios icônicos da capital, como o Copan, o edifício Itália e o Conjunto Nacional. A edição traz 96 fotos e um encarte em papel cuchê com mapa das ruas onde estão localizados os principais edifícios do período.