Notícias

"Uma herança incômoda: genes, raça e história humana" foi objeto de reportagens e resenha nos jornais "Valor" e "Folha de S.Paulo"

Uma herança incômoda: genes, raça e história humana foi objeto de reportagens e resenha nos jornais Valor e Folha de S.Paulo. Com o título Uma defesa do conceito de raça humana, a entrevista do jornal Valor chama atenção para a polêmica gerada pelo livro. Veterano de reportagens sobre ciência no New York Times, o jornalista Nicholas Wade tinha consciência de que iria provocar reações iradas ao defender a ideia de que raças humanas existem, têm base genética e explicam parte das diferenças de desenvolvimento entre os povos, diz a reportagem de Martha San Juan França.

Na Folha de S.Paulo, o jornalista Reinaldo José Lopes afirma que o autor, com uma das carreiras mais sólidas do jornalismo científico de língua inglesa, resolveu mexer num vespeiro. Em sua resenha, o crítico Ricardo Bonalume Neto classificou o livro como ótimo.

Best-seller nos Estados Unidos, Uma herança incômoda defende que, do ponto de vista científico, a evolução humana não parou na pré-história e que a existência de diferença entre as raças pode ser comprovada cientificamente. O autor, porém, condena o racismo e as teorias eugenistas.

Clique aqui para ler a entrevista no Valor.

Clique aqui para ler a entrevista na Folha.

Clique aqui para ler a resenha de Ricardo Bonalume Neto.

22/09/2016