Notícias

"'O ópio dos intelectuais' é uma das mais lúcidas críticas políticas dos últimos cem anos", diz jornalista

"O ópio dos intelectuais" foi tema da capa do caderno "Ilustrada", da Folha de S.Paulo, no 30/07/2016. O artigo do secretário de Redação do jornal, Vinicius Mota, ressalta que o clássico "é uma das mais lúcidas críticas políticas dos últimos cem anos".
"Lançado na França em 1955, o livro sugere já no título a chave do enigma ao retorcer a famosa frase de Marx sobre a religião como 'o ópio do povo'. O marxismo aliena o intelectual da realidade, entorpece-lhe os sentidos como a droga, porque opera próximo do registro religioso", escreve Mota.
Clique aqui para ler a crítica.