Notícias

Para "Folha", Nabokov revela os mecanismos internos da literatura

Resenhas no jornal Folha de S.Paulo (24/10/2015) e na revista Veja (21/10/2015) chamam a atenção para a importância do livro Lições de literatura, com as aulas do escritor Vladimir Nabokov sobre sete clássicos, lançamento da Três Estrelas.

"Em Lições de literatura, o leitor brasileiro tem a oportunidade de conhecer um pouco melhor esse professor especial", escreve o crítico Adriano Schwartz na Folha, e completa: "Ao longo das aulas aqui reunidas, Nabokov busca revelar os 'mecanismos internos' de obras centrais de Austen, Dickens, Stevenson, Flaubert, Kafka, Joyce e Proust".

Para a revista Veja, as aulas de Nabokov sobre os clássicos são "a leitura de um artífice que entende a maquinaria interna de cada obra analisada".

Em Lições de literatura, o autor de Lolita apresenta e analisa sete clássicos: Mansfield Park, de Jane Austen; A casa soturna, de Charles Dickens; Madame Bovary, de Gustave Flaubert; O médico e o monstro, de Robert Louis Stevenson; No caminho de Swann, de Marcel Proust; A metamorfose, de Franz Kafka; e Ulysses, de James Joyce.

"São vidraças coloridas que se abrem sobre sete obras-primas", escreve John Updike na "Introdução".

Três Estrelas também publicou, no ano passado, Lições de literatura russa, com as aulas de Nabokov sobre Dostoiévski, Gógol, Górki, Tchekhov, Tolstói e Turguêniev. Ambos os livros foram traduzidos por Jorio Dauster.