A última lição de Michel Foucault

Geoffroy de Lagasnerie


No final dos anos 1970, o filósofo Michel Foucault (1926-1984) apresentou dois cursos em que fez uma "genealogia do Estado moderno": Segurança, território e população (1978) e Nascimento da biopolítica (1979).

No primeiro curso, Foucault refletiu sobre as concepções de governo desde a Antiguidade até os primórdios da Era Moderna. Em Nascimento da biopolítica, sua atenção se concentrou na "governamentalidade" (neo-
logismo para designar as técnicas de governo) liberal e neoliberal.

Além de tratar dos pensadores do liberalismo clássico, ele examinou detidamente duas escolas econômicas neoliberais: a alemã do pós-guerra (com Walter Eucken e Franz Böhm) e a de Chicago (com Friedrich Hayek e Gary Becker).

A análise foucaultiana do neoliberalismo é uma das mais controversas de sua obra, por romper com consensos à esquerda e à direita. Paradoxalmente, foi uma das menos examinadas em profundidade.

É nesse curso que se detém Geoffroy de Lagasnerie, em A última lição de Michel Foucault, a fim de investigar as razões do interesse do filósofo por uma doutrina econômico-política associada a governos conservadores.

Segundo Lagasnerie, o objetivo de Foucault não foi nem denunciar o neoliberalismo, nem defendê-lo, mas fazer dele uma ferramenta de crítica ao pensamento político tradicional, à filosofia do direito e à teoria social. No pensamento neoliberal - com sua aversão ao Estado e sua defesa da diversidade do mundo social -, Foucault teria encontrado os instrumentos para desenvolver uma filosofia da emancipação política para nosso tempo.

"Há quase 150 anos, Marx propôs romper com a crítica pré-capitalista do capitalismo; hoje é tempo de abandonar a crítica pré-liberal do neoliberalismo", afirma Lagasnerie.

A última lição de Michel Foucault - Capa
  • Título original: La dernière leçon de Michel Foucault
  • Tradução: André Telles
  • Capa: Carolina Vaz
  • Páginas: 168
  • Formato: 14 cm x 21 cm
  • Acabamento: brochura
  • Área: ciências sociais, filosofia
  • ISBN: 978-85-65339-13-1
  • Disponibilidade: 03/06/2013

O autor

  • Geoffroy de Lagasnerie
    Foto: Mastrangelo Reino

    Geoffroy de Lagasnerie é sociólogo e filósofo. É autor de Logique de la création (Fayard, 2011), Sur la science des oeuvres (Cartouche, 2011) e L'empire de l'Université (éditions Amsterdam, 2007). Doutor em sociologia pela École des Hautes Études en Sciences Sociales, é professor dessa disciplina no Institut d'Études Politiques de Paris.

À venda na Argumento, Cultura, Fnac, Leitura, Livraria da Folha, Livraria da Travessa, Livraria da Vila, Livrarias Curitiba, Martins Fontes, Saraiva e nas principais livrarias do Brasil.