O espírito do judaísmo

Bernard-Henri Lévy


Um dos principais filósofos europeus, Bernard-Henri Lévy encara uma dupla tarefa nesse livro corajoso e fascinante. A primeira delas consiste em enfrentar sem meias palavras as formas atuais de antissemitismo, que disfarçaram "o mais antigo dos ódios" com uma nova e sinistra roupagem. A segunda, em rever os ensinamentos da Bíblia, do Talmude e da cabala, para refletir sobre a contribuição crucial da cultura judaica para a história do Ocidente.

"Os judeus vieram ao mundo menos para crer do que para estudar; não para adorar, mas para compreender", escreve Lévy, para quem a liberdade de pensamento, a reflexão moral e a vocação ao universalismo constituem o verdadeiro espírito do judaísmo. São elas - e não a fé cega, o tribalismo e o sectarismo - que relacionam os judeus à emancipação dos indíviduos e das nações e à defesa de todos os que são perseguidos, exilados e marginalizados.

O espírito do judaísmo - Capa
  • Título original: L`esprit du judaïsme
  • Tradução: Bernardo Ajzenberg
  • Capa: Thiago Lacaz
  • Páginas: 320
  • Formato: 14 cm x 21 cm
  • Acabamento: brochura
  • Área: filosofia
  • ISBN: 978-85-68493-46-5
  • Disponibilidade: 01/02/2018

O autor

  • Bernard-Henri Lévy
    Foto: © JFPaga-Grasset

    Bernard-Henri Lévy (1948) é filósofo, escritor, jornalista e cineasta francês. Nascido na Argélia, mudou-se ainda criança para a França e formou-se em filosofia na École Normale Supérieure, onde também foi professor. Em 1984, ganhou o Prêmio Médicis pelo romance O diabo na cabeça (Rocco, 1987). Publicou, entre outros, La Barbarie à visage humain (1977) e Le Testament de Dieu (1979). Seus filmes mais recentes são Peshmerga (2016) e A batalha de Mossul (2017), documentários sobre a luta dos combatentes curdos contra o Estado Islâmico, no Iraque.

À venda na Argumento, Cultura, Fnac, Leitura, Livraria da Folha, Livraria da Travessa, Livraria da Vila, Livrarias Curitiba, Martins Fontes, Saraiva e nas principais livrarias do Brasil.