São Paulo nas alturas

Raul Juste Lores


Nos anos 1950, uma grande transformação ocorreu em São Paulo: arquitetos modernos passaram a ser mais e mais requisitados por uma renovada indústria imobiliá­ria. Em pouco mais de 10 anos, foram criados os mais icônicos edifícios da cidade, graças à aliança de arquitetos talentosos, como Niemeyer, David Libeskind e Franz Heep, com empreendedores audazes, entre eles Artacho Jurado, Octavio Frias de Oliveira e José Tjurs.

Copan, Itália e Nações Unidas, Conjunto Nacional, o centro comercial Grandes Galerias (hoje conhecido como "Galeria do Rock") e vários outros prédios de grande qualidade arquitetônica foram erguidos nessa época e moldaram para sempre a imagem da capital, espelhando sua pujança, seu dinamismo e sua modernidade.

Em São Paulo nas alturas, Raul Juste Lores reconstitui esse importante período, apresentando a surpreendente trajetória de seus principais personagens, mulheres e homens que deram rumo novo à arquitetura, à construção e à vida urbana no Brasil.

São Paulo nas alturas - Capa
  • Capa: Luciana Facchini
  • Páginas: 336 + 4 mapas com abas desdobráveis (guia de prédios)
  • Formato: 16 cm x 23 cm
  • Acabamento: brochura
  • Área: arquitetura e urbanismo
  • ISBN: 978-85-68493-40-3
  • Disponibilidade: 01/08/2017

O autor

  • É jornalista, pesquisador de arquitetura e urbanismo e repórter especial da Folha de S.Paulo. No mesmo jornal, foi editor do caderno "Mercado" e correspondente em Washington, Nova York, Pequim e Buenos Aires. Recebeu, em 2011, o prêmio Difusão da APCA por seu trabalho sobre arquitetura.

À venda na Argumento, Cultura, Fnac, Leitura, Livraria da Folha, Livraria da Travessa, Livraria da Vila, Livrarias Curitiba, Martins Fontes, Saraiva e nas principais livrarias do Brasil.