Uma herança incômoda

Nicholas Wade


Um dos mais polêmicos livros lançados nos últimos anos nos Estados Unidos, Uma herança incômoda trata de um tema que se tornou tabu nos meios científicos e acadêmicos: a relação entre genética, raças e instituições humanas.

O jornalista britânico Nicholas Wade, especialista em ciência, faz um apanhado das pesquisas mais avançadas sobre o genoma para demonstrar que, ao contrário do que foi firmado por certo consenso, a evolução do ser humano não estagnou na pré-história. Ela continuou ao longo dos anos e seguiu influindo não apenas na formação das raças, como também na construção das sociedades e culturas - fenômeno que daria uma nova explicação para as diferenças entre os povos.

Acusado de difundir conceitos perniciosos, Wade, porém, rechaça no livro qualquer ideia de superioridade de uma raça sobre as demais e faz um duro ataque às teorias eugenistas. O livro também recebeu apoio de cientistas, como o biólogo Edward O. Wilson, que declarou: "Nicholas Wade une a virtude de dizer a verdade sem medo à celebração da diversidade genética como uma força da humanidade, criando assim um foro de debates apropriado para o século XXI".

Uma herança incômoda - Capa
  • Título original: A Troublesome Inheritance: Gene, Race and
    Human History
  • Tradução: Pedro Sette-Câmara
  • Capa: André Kavakama
  • Páginas: 336
  • Acabamento: brochura
  • Área: antropologia, ciências sociais
  • ISBN: 978-85-68493-30-4
  • Disponibilidade: 01/09/2016

O autor

  • Nicholas Wade
    Foto: Divulgação/The New York Times

    É jornalista e editor inglês. Formou-se em ciências no King's College, em Cambridge, no qual também fez mestrado. Em 1970, mudou-se para os Estados Unidos, onde trabalhou nas revistas Nature e Science e no jornal The New York Times. É autor, entre outros, de Before the Dawn: Recovering the Lost History of Our Ancestors (2006) e The Faith Instinct (2009).

À venda nas livrarias. Caso tenha alguma dificuldade em encontrar nossos livros, envie um e-mail para vendas@publifolha.com.br.