A morte de Stálin

Fabien Nury e Thierry Robin


Certa noite, o diretor da Rádio do Povo, em Moscou, recebe um telefonema após a transmissão ao vivo do Concerto para nº 23, de Mozart. É Josef Stálin, o homem mais poderoso da União Soviética e um dos líderes mais temidos do mundo.

Stálin pede uma gravação da peça. Nada, porém, foi registrado. Será preciso repetir o concerto e manter o nível da interpretação anterior. O diretor entra em pânico: qualquer erro pode colocar em risco a cabeça de todos.

Posteriormente, enquanto escuta a gravação, Stálin sofre um derrame, que o levará à morte, em março de 1953. Logo começam as conspirações para sucedê-lo, encabeçadas por Lavrenti Béria e Nikita Kruschev. Era o começo do fim de uma das mais terríveis experiências políticas do século XX.

Premiada na França como a melhor HQ no festival Encontros com a História, A morte de Stálin recria em tom de sátira expressionista o clima de conspiração, paranoia e medo da URSS stalinista.

A morte de Stálin - Capa
  • Título original: La mort de Staline
  • Tradução: Paulo Werneck
  • Capa: Thierry Robin
  • Páginas: 152
  • Formato: 23,5 cm x 31 cm
  • Acabamento: brochura
  • Área: história em quadrinhos
  • ISBN: 978-85-68493-07-6
  • Disponibilidade: 06/03/2015

Os autores

  • Fabien Nury (1976) está entre os destaques da nova geração de quadrinistas franceses, tendo escrito roteiros em diferentes gêneros: folhetim, narrativa policial, histórica e de aventuras. Em 2011, recebeu o prêmio de Melhor Série no festival de quadrinhos de Angoulême, por Il était une fois en France [Era uma vez na França].

  • Thierry Robin (1958) publicou, entre outros trabalhos, Rouge de Chine [Vermelho da China], saga em quatro volumes, e Koblenz, aventura místico-fantástica, ambos de inspiração asiática. Roteirista, ilustrador e colorista, assina com Fabien Nury as ilustrações do álbum Mort au tsar [Morte ao czar], ambientado na Rússia pré-revolucionária.

À venda nas livrarias. Caso tenha alguma dificuldade em encontrar nossos livros, envie um e-mail para vendas@publifolha.com.br.