Pavões misteriosos

André Barcinski


Na década de 1970, a música popular brasileira passou por uma radical transformação. Um heterogêneo grupo de artistas desviou-se da tradição da mpb para abraçar a música pop, impulsionado pela internacionalização da cultura jovem, pela modernização da indústria do disco e pela crescente importância da TV no país.

A cena musical foi tomada por experimentações inéditas, como o glam tupiniquim dos Secos & Molhados, a mistura de samba e psicodelia dos Novos Baianos e o rock esotérico de Raul Seixas.

As novidades continuaram nos anos seguintes, com a explosão da discoteca, a fabricação de ídolos pelas gravadoras e o surgimento de artistas como Rita Lee, Frenéticas, Guilherme Arantes e Ritchie, entre outros.

Por meio de uma cuidadosa investigação jornalística, Pavões misteriosos recria esse período pouco analisado da cultura brasileira e traz à tona uma série de revelações sobre a música da época e seus personagens fascinantes.

Pavões misteriosos - Capa
  • Capa: Estúdio Risco
  • Páginas: 256
  • Formato: 14 cm x 21 cm
  • Acabamento: brochura
  • Área: jornalismo, música brasileira
  • ISBN: 978-85-65339-29-2
  • Disponibilidade: 28/07/2014

O autor

  • André Barcinski
    Foto: Rogério Lacanna

    Jornalista e diretor de TV e cinema, é colunista do portal R7. Trabalhou na Folha de S.Paulo e no Notícias Populares, entre outros jornais. Ganhou, em 1992, o Prêmio Jabuti de melhor reportagem pelo livro Barulho: uma viagem ao underground do rock americano e, em 2001, o Prêmio Especial do Júri do Festival de Sundance (EUA) pelo documentário Maldito, sobre o diretor José Mojica Marins, o Zé do Caixão.

À venda nas livrarias. Caso tenha alguma dificuldade em encontrar nossos livros, envie um e-mail para vendas@publifolha.com.br.